ONU pede libertação urgente do deficiente cristão Stephen Masih acusado de blasfêmia no Paquistão

Atualmente detido no Paquistão, em uma cela com muçulmanos, Stephen Masih está "em perigo", segundo especialistas das Nações Unidas.

Stephen Masih é um cristão paquistanês com deficiência. Acusado de blasfêmia no Paquistão após uma discussão com um vizinho, ele aguarda julgamento há 2 anos.

Os especialistas deONU dizem que estão "gravemente preocupados com a perseguição e detenção continuada do Sr. Masih por blasfêmia e com o tratamento dado às autoridades judiciais e penitenciárias que estão cientes de sua deficiência psicossocial e estado de saúde".

Eles conclamam as autoridades paquistanesas "a reexaminar com urgência o caso do Sr. Masih, a liberar e retirar todas as acusações contra ele e a garantir sua proteção e a de sua família".

Stephen Masih está atualmente detido na Prisão Distrital de Sialkot. Seus companheiros detidos são muçulmanos, o que é uma ameaça e uma preocupação para os especialistas da ONU.

“Instamos o governo do Paquistão a cumprir suas obrigações internacionais de direitos humanos”, continuam os especialistas, “em particular no que diz respeito à liberdade de expressão, religião ou crença, bem como no que diz respeito aos direitos das pessoas pertencentes a minorias, revogar toda a sua legislação anti-blasfêmia e anti-apostasia e tomar medidas para combater o apelo ao ódio religioso que constitui um incitamento à discriminação e à violência ”.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.