A Noite da Solidariedade: Uma operação de recenseamento dos sem-abrigo para melhor compreender as suas necessidades

Durante a noite de quinta-feira, 20, para sexta-feira, 21 de janeiro, será realizado um censo de pessoas na rua. Lançada em França em 2018 pela cidade de Paris, esta iniciativa assume este ano uma dimensão nacional e vai abranger 27 municípios. 

Inspirada em iniciativas que existem há muitos anos em várias cidades americanas e europeias, a “Noite Solidária” foi lançada na França em 2018 pela cidade de Paris.

Durante esta operação anual, centenas de voluntários e assistentes sociais percorrem a cidade para contar as pessoas na rua e “entender melhor” as suas necessidades, “para melhor adequar as medidas de emergência e sociais”, explica o município da capital. Em 25 de março de 2021, 2.829 moradores de rua foram identificados.

Este ano, pela primeira vez, o Instituto Nacional de Estatística e Estudos Económicos (Insee), responsável pelo recenseamento por conta do Estado, vai "congregar" esforços com as 27 cidades mobilizadas para esta operação que terá lugar no dia na noite de quinta-feira, 20, para sexta-feira, 21 de janeiro.

Além de Paris e cerca de dez cidades em seus subúrbios, a operação também acontecerá em Lyon, Marselha, Bordeaux, Toulouse, Rennes, Montpellier, Metz, Mulhouse, Dijon, Tours, Rouen, Arras, Brest, Dunkirk, Lorient, Quimper e Saint-Étienne, disse a União Nacional dos Centros Comunais de Ação Social (UNCCAS).

Conforme um guia criado pelo governo como parte desta iniciativa, este censo permite um "conhecimento pormenorizado dos sem-abrigo de um território e das suas necessidades" para "produzir localmente uma oferta global de alojamento, serviços e acesso à habitação que não é a declinação de um modelo único mas que é a resposta às necessidades identificadas e caracterizadas localmente”.

A “Noite Solidária” deve também permitir “medir o impacto da crise sanitária nas populações precárias”, sublinhou a UNCCAS.

Todos os cidadãos maiores de 18 anos podem se inscrever para participe voluntariamente a esta operação.

Camille Westphal Perrier (com AFP)

Crédito da imagem: Shutterstock / Birute Vijeikiene

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.