Estados Unidos: uma em cada três igrejas protestantes enfrentaria o suicídio

De acordo com um novo estudo da Pesquisa LifeWay, o suicídio continua sendo um assunto tabu em muitas igrejas protestantes, apesar dos esforços dos pastores.

Une inquérito por telefone foi conduzido de 30 de agosto a 18 de setembro de 2017 em uma amostra de 1000 pastores protestantes. Parece que esse flagelo, que afetou mais de 44 americanos em 000, é a segunda principal causa de morte entre cristãos de 2015 a 15 anos e a quarta entre aqueles de 34 a 35 anos.

Os analistas descobriram que 42% dos entrevistados disseram que perderam um membro da família dessa forma, enquanto 37% perderam um amigo. Outros perderam um colega (6%), um conhecido (5%), outro membro da igreja (2%) ou outro ente querido (8%).

“O suicídio em nossa cultura é há muito um tópico que temos medo de discutir”, disse Tim Clinton, presidente da Associação Americana de Conselheiros Cristãos.

“Nossa oração é que esta investigação provoque um interesse nacional na luta contra a pandemia suicida em nosso país… Começamos avaliando a situação no nível da Igreja e uma abordagem clinicamente responsiva também é necessária para reacender a vontade de viver. sinta-se vazio. "

MS

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.