Três cristãos coptas assassinados no Egito

Três irmãos cristãos coptas foram brutalmente assassinados em 1º de março. Os agressores, um grupo de seis homens muçulmanos, alegaram que foram "assassinatos por vingança", enquanto fontes próximas ao caso acreditam que os três irmãos foram mortos por causa de sua fé cristã. 

A International Chrsitian Concern (ICC) relata o assassinato de três irmãos cristãos coptas, Youssef Youssef Youssef, Afifi Youssef Youssef e Bushra Youssef Youssef, que foram brutalmente assassinados por um grupo de seis muçulmanos em 1º de março.

Os corpos das vítimas teriam sido cortados e mutilados.

Os agressores dizem que é uma retaliação pela morte de um membro de sua própria família, que remonta a 70 anos.

Segundo o TPI, advogados e pessoas familiarizadas com o caso dizem não saber nada sobre o assassinato que teria ocorrido quando o pai dos três irmãos era mais novo. Além disso, eles acreditam que as mutilações observadas em seus cadáveres sugerem que eles foram vítimas de violência por causa de sua fé cristã.

Uma fonte do TPI revela que os responsáveis ​​foram presos pela polícia e confessaram o crime. Eles estão atualmente em julgamento pelo assassinato dos três irmãos.

O Egito ocupa o 20º lugar no rankingÍndice Mundial de Perseguição de Cristãos 2022 da ONG Portes Ouvertes. Neste país do norte da África, os cristãos são considerados “habitantes de segunda classe”, observa a organização.

Camille Westphal Perrier

Fonte: Preocupação Cristã Internacional

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.