Soldados invadem catedral em Mianmar e sequestram fiéis reunidos para a Quaresma

Os soldados isolaram por várias horas os cristãos reunidos na Catedral do Sagrado Coração em Mianmar, em busca de ouro, dinheiro e armas.

Os fiéis se preparavam para celebrar a Quaresma quando cerca de XNUMX soldados invadiram a Catedral do Sagrado Coração, em Mandalay. Eles sequestraram dezenas de adoradores por horas. Os soldados exigiam saber "onde estavam escondidos o ouro, a prata e as armas". Notícias da Ásia denuncia "um ato direto de intimidação".

O bispo Marco Tin Win, que estava em um prédio diferente no momento do ataque, mas foi forçado a ir à catedral no momento do ataque, afirmou anteriormente que "a condição do povo birmanês é semelhante à de Maria e José no primeiro Natal: longe de casa, nas selvas, florestas e cavernas do país, eles correm para salvar suas vidas”.

Conforme O Irrawadi, “O regime militar de Mianmar destruiu mais de 100 edifícios religiosos budistas e cristãos em redutos da resistência no noroeste, centro e sudeste do país desde o golpe do ano passado”. Ele denuncia ataques de artilharia e ataques aéreos no estado de Chin e nas regiões de Sagaing e Magwe, bem como no estado de Kayah.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.