Sharon, cristã de 15 anos, espancada até a morte no colégio por jovens muçulmanos

Sharon Masih tinha 15 anos, frequentou o colégio público em Burewala, no sul do Punjab. Ele era cristão e regularmente sofria violência comum de seus colegas de colégio. Ele foi perseguido por sua fé e estava pensando em se mudar para outra instituição. Mas na quarta-feira, 30 de agosto, ele morreu sob os golpes de estudantes muçulmanos do ensino médio.

MAister Mushtaq Gill, o advogado cristão que acompanhou o caso, divulgou a morte do menino por meio da agência de notícias Fides. Ele conta como Sharon foi isolada por alguns jovens, antes de ser submetida a atos de intimidação. Seguiu-se uma escalada de violência. Os jovens então chutaram e socaram o adolescente, que caiu inconsciente no chão.

Ahmed Raza e outros estudantes foram acusados ​​de homicídio. De acordo com os primeiros resultados da investigação policial, Sharon Masih foi regularmente alvo de perseguições, aborrecimentos, insultos, em particular devido à sua fé cristã, bem como às tentativas de conversão forçada ao Islão. Ele também tinha o projeto de mudança de estabelecimento.

Para James Paul, professor cristão do Paquistão e presidente da Associação de Professores de Minorias do Paquistão, este evento destaca a discriminação e a violência sofridas por minorias religiosas não muçulmanas na sociedade paquistanesa.

"Por um lado, os livros didáticos adotados nas escolas públicas promovem o Islã, os muçulmanos, a cultura e a civilização islâmicas, por outro lado, eles não hesitam em promover o desprezo e o ódio às religiões não islâmicas," não muçulmanos, culturas não islâmicas e civilizações. Isso tem consequências negativas óbvias nas mentes das crianças e jovens, incita a violência e mina a coexistência pacífica [...] No Paquistão, as minorias religiosas, como os cristãos, ainda são vítimas de extremismo e violência. Violação dos direitos fundamentais. "

Ore pela família Masih "em colapso" após esta tragédia

HL

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.