Polícia prende cristãos assírios tentando proteger suas terras no Curdistão iraquiano

Defensores dos direitos humanos vêm alertando sobre “tentativas de ocupação de terras em aldeias cristãs” há vários anos, “mesmo aqueles que foram julgados em tribunal a favor do cristianismo”.

No Curdistão iraquiano, cristãos assírios da aldeia de Dadersh foram vítimas de uma tentativa de apropriação de terras por um grupo de apoiadores do Partido Democrático do Curdistão (KDP).

O prefeito cristão da aldeia, Zya Minas, juntamente com o Sr. Zaya, que estava filmando o incidente, foram agredidos e depois presos pela polícia, de acordo com Solidariedade Cristã no Mundo (CSW).

O ataque foi transmitido nas redes sociais, inclusive no perfil da ativista de direitos humanos Muna Yaku. Os defensores vêm alertando sobre “tentativas de ocupação de terras em aldeias cristãs” há vários anos, “mesmo aqueles que foram julgados em tribunal a favor do cristianismo”.

O presidente fundador da CSW, Mervyn Thomas, disse:

“A CSW pede ao Governo Regional do Curdistão que liberte imediata e incondicionalmente esses homens e garanta que os responsáveis ​​pelas tentativas de confisco de terras e agressões aos moradores sejam responsabilizados. »

MC

Crédito de imagem: Shutterstock.com / Sebastian Castelier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.