Assediado pela polícia, padre inicia greve de fome na Nicarágua

“Fui seguido o dia todo pela polícia sandinista, de manhã até tarde da noite. Em todos os momentos, em todos os movimentos que fiz. »

Rolando Alvarez, bispo da diocese de Matagalpa e Esteli, falou na sexta-feira em um vídeo postado no Facebook para denunciar o assédio de que é vítima pela polícia.

“Fui seguido o dia todo pela polícia sandinista, de manhã até tarde da noite. Em todos os momentos, em todos os movimentos que fiz. »

O padre disse que estava a iniciar uma greve de fome por tempo indeterminado “até que a Polícia Nacional, através do Presidente ou do Vice-Presidente da Conferência Episcopal, apenas me avise que respeitará o meu círculo familiar privado”.

Ele pede a Deus que o ilumine e que os fiéis se juntem a ele neste período de jejum.

Rolando Alvarez é um dos figuras da oposição contra o presidente Daniel Ortega ao longo das conversações de 2018 entre o governo e a oposição.

MC

Crédito da imagem: Creative Commons / Wikimedia

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.