Egito: Organização adverte contra deportação de candidato a asilo cristão iemenita

A Iniciativa Egípcia para os Direitos Humanos adverte contra a deportação de Abdul-Baqi Saeed Abdo para o Iêmen por causa de sua declaração de conversão ao cristianismo e expressa temores de que ele esteja em grave perigo.

Abdul-Baqi Saeed Abdo é um requerente de asilo iemenita. Vítima de uma tentativa de homicídio em seu país, e após o assassinato de sua esposa, após sua conversão ao cristianismo e de sua família, refugiou-se no Egito. Mas acusado de "se juntar a um grupo terrorista sabendo de seus objetivos e desprezando a religião islâmica", ele foi colocado em prisão preventiva.

O Iniciativa Egípcia para os Direitos Humanos (EIPR) adverte contra sua deportação para seu país por causa de sua declaração de conversão ao cristianismo e expressa seu medo de estar em grave perigo.

Abdul-Baqi Saeed foi preso em sua casa no bairro de Faisal em 15 de dezembro de 2021, às 2h, após uma busca em sua casa e a apreensão de três laptops. Ele foi então encaminhado à Procuradoria Suprema de Segurança do Estado, que o investigou em 23 de dezembro, depois de oito dias de detenção.

O EIPR lembra que o Egito é signatário da Convenção sobre Refugiados de 1951 e seu Protocolo de 1967, que proíbe a expulsão ou o retorno forçado de refugiados de acordo com o Artigo 33, que afirma que "nenhum Estado Parte não pode expulsar ou devolver um refugiado de qualquer forma para as fronteiras de áreas onde sua vida ou liberdade sejam ameaçadas por causa de sua raça, religião, nacionalidade, pertencimento a um determinado grupo social ou por suas opiniões políticas.

De acordo com este princípio de non-refoulement, ninguém deve ser devolvido a um país onde corre o risco de ser perseguido, torturado, tratado de forma cruel, desumana ou degradante ou outro dano irreparável.

O EIPR apela às autoridades egípcias para que interrompam o processo de deportação de Abdel-Baqi Saeed e apela à sua libertação e à retirada de todas as acusações contra ele.

MC

Crédito de imagem: Shutterstock.com / Prin Adulyatham

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.