Martin Scorsese recebido em audiência privada pelo Papa por ocasião do lançamento de seu último filme

Anunciamos para você recentemente, O próximo filme de Martin Scorsese fala sobre a perseguição aos cristãos na China do século XNUMX.

LO filme “Silêncio” será uma adaptação do livro homônimo do escritor japonês Shûsaku Endô, que conta a história da comovente história de padres jesuítas portugueses, acusados ​​de encontrar um bispo cativo. O filme contará com Liam Neeson, Adam Driver e Andrew Garfield, que acaba de triunfar no filme de Mel Gibson, “Não matarás”.

Parece que essa adaptação desafiou o Papa Francisco. Esta manhã ele recebe Martin Scorsese em uma audiência privada. O realizador de passagem por Roma, por ocasião de uma exibição privada do filme perante uma assembleia de 400 jesuítas, terá, portanto, a oportunidade de ouvir os comentários do Papa Francisco e de partilhar com ele as suas motivações e o seu interesse pela fé. Martin Scorsese menciona isso no prefácio da reedição de 2007 de Livre Silêncio.

“Como contar a história da fé cristã? Dificuldade em acreditar? Como descrever essa luta? Muitos dos grandes escritores do século XX se dedicaram a isso. Graham Greene, claro, mas também François Mauriac, Georges Bernanos ... Endô compreendeu o conflito entre a necessidade de acreditar e a voz da experiência que incita constantemente o crente, nas suas questões, a adaptar as suas crenças ao mundo em que vive, na sua cultura ... É esta passagem dolorosa e paradoxal da certeza à dúvida e da solidão à comunhão que Endo compreende tão bem e torna tão bela no Silêncio. "

O editorial

fonte : LCI

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.