França: incêndio criminoso na Igreja Evangélica Armênia de Alfortville

A Igreja Evangélica Armênia de Alfortville (região de Paris) foi alvo de um incêndio criminoso no domingo, 2 de abril pela manhã, tirando o pastor Gilbert Léonian e sua esposa Léa da cama, ficando no andar de cima e acordada pelas chamas que começavam a atingir seu quarto janela.

LO incêndio não causou vítimas, mas danificou seriamente a fachada. Quatro horas depois, a adoração continuou: "Não queremos dar ao inimigo a oportunidade de nos encher de medo" diz o pastor. Este incêndio ocorre uma semana depois de outros danos, nomeadamente o lançamento de pedras que danificou as janelas e a fachada da mesma igreja.

Esta pequena assembleia de 30 pessoas está presente há mais de 50 anos. Nunca antes ela havia sido objeto de ameaças específicas. Membro da União das Igrejas Evangélicas Armênias da França, ela própria membro do CNEF (Conselho Nacional dos Evangélicos da França), da FPF (Federação Protestante da França) e do Conselho Evangélico Mundial Armênio, esta igreja não é clandestina, nem polêmico. Faz parte da paisagem do seu município ao lado de uma sinagoga, uma mesquita, uma igreja apostólica armênia, três igrejas católicas e três outras igrejas evangélicas. Esses locais de culto se conhecem, se respeitam, vivem em paz uns com os outros. Não parece que outros atos dessa magnitude tenham ocorrido em Alfortville, nem contra a Igreja Evangélica Armênia, nem contra qualquer um dos outros locais de culto. Uma cerimônia conjunta de apaziguamento foi até mesmo organizada após os ataques de 13 de novembro de 2015 em Paris e St-Denis.

O pastor lembra:

"Mas as autoridades devem perceber que o que aconteceu conosco não é trivial e pode acontecer em outro lugar, devemos estar vigilantes e pensar nisso seriamente!" "

Esses apelos por amor e confiança começaram a incomodar alguns vizinhos?É verdade que, durante dois anos, a pequena assembleia é mais visível na paisagem local: são organizados eventos noturnos, uma estande bíblica é realizada regularmente, com distribuição dos Evangelhos em francês, armênio, turco, árabe. Uma placa com a inscrição "Confie, Deus te ama" em 8 idiomas foi afixado na frente do local de culto. Esses apelos por amor e confiança começaram a incomodar alguns vizinhos? A expressão da fé deve ser confinada dentro das paredes da igreja? O pastor Leonian recusa-se a fazê-lo! O fogo foi rapidamente controlado, mas o que arde no coração dos fiéis foi apenas reacendido!

Mensagens de apoio estão chegando de todo o mundoPoucos dias antes, a igreja recebeu o pastor Norek Hovsepian, que veio de Bagdá (Iraque) para informar o público da França sobre a situação dos cristãos no turbilhão da perseguição. Ele, que a conhece de perto, ficou surpreso ao ver os primeiros atos de vandalismo em 27 de março com seus próprios olhos. O cartaz anunciando a intervenção do Pastor do Iraque, produzido pelo próprio Pastor Leonian, apresentava a foto… de um prédio em chamas. Mensagens de apoio estão chegando de todo o mundo, especialmente de lugares onde a perseguição é violenta ou violenta: Líbano, Iraque, Irã, Síria, ...

Verdade, justiça, reconciliaçãoA data do incêndio também tem uma ressonância particular neste período em que se abre o caminho para a Páscoa e nas 3 semanas das comemorações do genocídio armênio em que a Igreja participará como todos os anos. Com paz, mas com firmeza, ela age para que a história não seja esquecida e que os descendentes dos algozes e das vítimas possam ver esta ferida curar em sua história ferida. Verdade, justiça, reconciliação: estes são os ingredientes de uma receita que visa trazer a paz para o futuro.

Este ato criminoso também ocorre três dias após a transmissão no canal France Ô de uma reportagem caricatural ou mesmo falsa sobre os evangélicos na França. Todas essas circunstâncias tiveram um efeito catalítico? A investigação tentará determiná-lo.

Uma coisa é certa: este incêndio criminoso não enfraquecerá a vontade do pastor Gilbert Léonian de continuar a exercer sua ação na cidade.

“Estamos mais motivados do que nunca a testemunhar o Evangelho, a viver Cristo e a torná-lo conhecido com a nossa fé, as nossas raízes, os nossos valores. Precisamos da oração de irmãos e irmãs, e ver a proteção de Deus. "

Crédito da imagem: Igreja Evangélica Armênia

Pascal Portoukalian
www.paul-sephora.com/magazine/

As opiniões e posições de contribuidoresInfo Chrétienne não comprometer ou representar a escrita ou linha editorial deInfo Chrétienne. Info Chrétienne apoia a liberdade de expressão, consciência e opinião.

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.