'Estou cansado de correr': ataques e sequestros na Nigéria

“Nasci aqui, não tenho para onde ir e estou cansado de correr. Essas pessoas atacaram esta vila todos esses anos e eu tenho fugido desde então. Acho que devo parar de correr aos 56. »

"Estou cansado de correr", disse um cristão no estado de Borno, na Nigéria, depois que sua vila foi atacada por combatentes do Estado Islâmico na província da África Ocidental, ISWAP.

Na Nigéria, "as condições de liberdade religiosa na Nigéria continuam ruins", segundo oURSCIF, a Comissão de Liberdade Religiosa Internacional dos EUA, que deplora "violações estatais e sociais", mas também "vários casos de violência intercomunitária e de milícias, sequestros desenfreados e criminalidade geral. que também impedem a liberdade religiosa".

Em 25 de fevereiro, três cristãos foram mortos em o ataque à sua aldeia de Kautikari. A igreja também foi destruída. Um local testemunhou sua consternação com a mídia nigeriana Daily Post.

“Nasci aqui, não tenho para onde ir e estou cansado de correr. Essas pessoas atacaram esta vila todos esses anos e eu tenho fugido desde então. Acho que devo parar de correr aos 56. Meu irmão e meu cunhado fugiram. Eles me pediram para ir com eles, mas eu recusei. Não é sobre ser corajoso. É sobre se cansar de correr. Eu vi pessoas correndo e sendo mortas. Deixo para o destino agora. »

Na noite de 8 de março, o padre Joseph Akete Bako, foi sequestrado de sua residência na Igreja de São João, Estado de Kaduna. De acordo com a Arquidiocese de Kaduna, o segurança foi morto e outras quatro pessoas foram sequestradas de casas próximas. De acordo com a mídia nigeriana Soco, muitos terroristas armados entraram na igreja em grande número.

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.