Eritreia: Dois pastores próximos da aposentadoria presos em julho ainda estão sendo mantidos em cativeiro

A ONG ecumênica cristã que atende aos cristãos perseguidos, International Christian Concern, alerta sobre a situação dos cristãos na Eritreia após a prisão e prisão de dois pastores. 

Na Eritreia, o pastor Girmay Araya e o pastor Samuel Okbamichael foram presos no meio da noite de julho passado antes de serem presos. A organização Preocupação Cristã Internacional (ICC) lança um alerta sobre a situação dos cristãos neste país da África Oriental e chama a orar pelos dois pastores dos quais não temos mais notícias.

Os dois homens de fé em seus setenta anos estavam em grande parte aposentados quando foram presos, levantando questões quanto ao motivo de sua prisão, de acordo com a organização.

Neste país, ficou em sexto lugar em O Índice de Perseguição 2021 da ONG Portes Libres, “Os cristãos sofrem com o regime ditatorial no poder”. O ICC também relata que na Eritreia "os prisioneiros religiosos são frequentemente submetidos a sentenças longas ou indefinidas em prisões onde sofrem em condições absolutamente desumanas".

O Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos (OHCR) acrescenta que "os detidos estão sujeitos à escuridão total, o que aumenta seu sofrimento". “As pessoas presas por motivos religiosos são sistematicamente submetidas a maus-tratos e tortura”, continua o ACNUR.

Nesse contexto de repressão, o ICC questiona as relações que os Estados Unidos mantêm com o país. E os incentiva a "pressionar a Eritreia" usando "sanções específicas destinadas a forçar uma mudança de comportamento em todos os níveis do sistema abusivo".

Palavras que ecoam as de Jay Church, chefe de defesa da África na International Christian Concern, que disse que se os Estados Unidos decidirem melhorar suas relações com a Eritreia, "devem usar essa proximidade para pressionar o país a começar a respeitar os direitos humanos" . Ele acredita que uma "grande reforma de seu sistema judicial, a abolição de seu horrível sistema penal e a criação de um sistema profissional em seu lugar, bem como o respeito pela liberdade religiosa, seria um bom ponto de partida".

Em uma publicação datado de 10 de setembro, a organização pediu orações pela libertação dos dois pastores.

“Por favor, ore pela libertação do Pastor Girmay Araya e do Pastor Samuel Okbamichael, bem como por todos aqueles que estão injustamente encarcerados no mundo. Ore também pelos muitos cristãos perseguidos na Eritreia, para que o Senhor os fortaleça e apóie nestes tempos difíceis. "

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.