Egito: Após o terrível ataque, os cristãos escolheram perdoar

No Cairo, no domingo, 11 de dezembro, um dos ataques mais mortais contra a minoria copta matou 25 pessoas e feriu 49 outras. O mesmo dia, Cristãos reunidos em frente à Catedral alvo de terroristas, para proclamar com o mesmo coração o Credo Niceno.

LA maioria das vítimas são mulheres e crianças. Os 12 quilos de explosivos carregados pelo jovem suicida de 22 anos não deixaram chance para as vítimas inocentes reunidas na parte feminina do prédio, por ocasião da celebração dominical.

Durante uma entrevista com o Christian PostO líder copta, dom Anba Angaelos, apelou à comunidade cristã para que não optasse pela vingança, mas também exigiu justiça.

Dom Anba Angaelos lembrou que historicamente, depois de cada ataque deste tipo no Egito, há manifestações públicas de raiva e luto, mas nunca de retaliação ou vingança. Ele disse que a comunidade já perdoou os autores do ataque mortal.

“Oramos pela cura da comunidade. Estamos prontos e já perdoamos aqueles que o fizeram, porque no final do caminho a falta de perdão nos machuca mais do que qualquer outra pessoa ”.

Portanto, irmãos, em meio a todas as nossas calamidades e tribulações, temos sido consolados a seu respeito, por causa de sua fé.
1 Tessalonicenses 3: 7

O editorial

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.