O editorial da semana de 22 de outubro com Camille: Samuel Paty, cristãos e políticos, perseguições, milagre em Uganda

Conheça o editorial da semana com Camille em vídeo para descobrir os assuntos que animaram a esfera cristã esta semana a partir de artigos publicados no site InfoChrétienne.

O último fim de semana foi marcado pelo primeiro aniversário do assassinato de Samuel Paty, professor de história e geografia selvagemente decapitado ano passado na frente de sua faculdade.

Sábado, 16 de outubro, um ano após sua morte, uma homenagem nacional foi paga a ele.

No mesmo dia, alguns professores da academia Aix-Marseille receberam ameaças de morte. Segundo informações da procuradoria de Marselha, o casal recebeu várias cartas, uma delas com a foto de Samuel Paty.

Nesta semana, falamos também de várias personalidades políticas, cristãs ou não, mas sempre em contextos ligados ao cristianismo, à fé ou à Igreja. 

Por ocasião de um visita oficial ao Vaticano que aconteceu segunda-feira, 18 de outubro, o primeiro-ministro Jean Castex encontrou-se com o Papa Francisco.

Como manda a tradição, o ministro deu vários presentes para o pontífice argentino, uma cópia da primeira edição da obra de Victor Hugo, Notre Dame de Paris, além de uma camisa autografada por Lionel Messi.

Durante as discussões, o relatório Sauvé sobre o abuso sexual na Igreja Católica na França foi mencionado em particular. Uma ação descrita como "corajosa" pelo Papa, que se alegra por não haver “negação” neste contexto.

Descubra um artigo no site da InfoChrétienne que se concentra em A jornada de fé de Jill Biden, esposa do presidente dos EUA Joe Biden.

Alexei Navalny, um dos principais oponentes do presidente russo Vladimir Putin, que já havia revelado sua conversão ao cristianismo, é o Prêmio Sakharov de 2021 premiado pelo Parlamento Europeu pela sua “constante campanha contra a corrupção do regime de Vladimir Putin”.

David Amess é um parlamentar britânico, na última sexta-feira por volta do meio-dia ele foi vítima de um ataque terrorista enquanto estava na Igreja Metodista de Belfairs em Leigh-on-Sea, leste de Londres. Atacado com uma faca, o membro do Partido Conservador de 69 anos sucumbiu a vários ferimentos.

 Notícia que nos oferece uma transição muito triste para um dos temas principais de nosso site: a causa dos cristãos perseguidos. 

No sábado, um grupo de 17 missionários, dezesseis americanos e um canadense, estavam sequestrado no haiti. Entre eles, um bebê de 8 meses e quatro crianças de 3, 6, 14 e 15 anos.

A gangue dos 400 Mazowo, na origem deste sequestro, perguntou resgate de um milhão de dólares, ou mais de 860 euros, por cada um deles.

Dissemos na semana passada que um pesquisa de missionários cristãos tinha sido solicitada pelo estado indiano de Karnataka.

O Arcebispo de Bangalore denuncia "um exercício fútil, inútil e perigoso". Em vez disso, convida o governo a "Conte as instituições educacionais e centros de saúde administrados por missionários cristãos" para que realize o “serviço prestado pela comunidade cristã à sociedade”.

Na quinta-feira passada, um tiroteio mortal ocorreu em Beirute, em meio a tensões devido a uma investigação sobre a enorme explosão do ano passado.

Nesse contexto, o patriarca católico siríaco Inácio Joseph III Younan afirma ter "muito, muito medo" de que se esta crise continuar "será o fim dos cristãos no Líbano e no Oriente Médio em alguns anos".

Para concluir este editorial da semana com uma nota positiva, descubra em nosso site a história de Victor, um garotinho de Uganda.

Muitas vezes doente, o menino sofria de um defeito cardíaco congênito; infelizmente, a operação de que ele precisava não está disponível em seu país.

Graças ao Children's Heart Project of Samaritan's Purse, a instituição de caridade fundada por Franklin Graham, ele foi finalmente organizado.

Victor agora está curado, enquanto sua família louva a Deus por essa bênção, mais e mais membros de sua aldeia estão se voltando para o Senhor.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.