Editorial de Camille de 12 de janeiro de 2022: Combatendo o desespero

Muitas vezes ficamos desesperados quando lemos as notícias. Eles são como o mundo em que vivemos: cheios de dificuldades. 

Ainda hoje, eles nos oferecem para combater o desespero!

De fato, sinto a esperança nascendo quando vejo o trabalho do pastor e médico Denis Mukwege, que está envolvido na luta contra a violência sexual na República Democrática do Congo. Todos os dias, por meio de suas ações com mulheres vítimas de violência, o ganhador do Prêmio Nobel da Paz luta contra o desespero.

Ele recebeu ontem o título de membro Honoris Causa da Academia Francesa de Medicina.

Também estou cheio de esperança sabendo que um " Café da manhã de oração para a França » foi organizado esta manhã na presença de cerca de quarenta políticos franceses e europeus eleitos para abençoar o país.

Outra boa notícia: O ativista copta Ramy Kamel foi finalmente libertado! O ativista de direitos humanos Ramy Kamel estava em prisão preventiva aguardando julgamento por mais de dois anos, além do período de tempo permitido no Egito. Ele foi finalmente libertado no domingo pelas autoridades egípcias.

Para finalizar com a criação de um linha telefônica específica para vítimas de abuso sexual na Igreja Católica na Alsácia. Uma linha de escuta para as vítimas alsacianas que lhes permitirá partilhar o seu testemunho e ter acesso a assistência jurídica, psicológica e social.

Todas essas notícias são uma fonte de esperança. Porque a esperança não nega o mal feito, mas permite-nos continuar a viver, não necessariamente com menos problemas, mas com maior confiança em Deus, com os olhos voltados para o céu.

Camille Westphal Perrier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.