"Deus, levante-se e lute por seus filhos": uma mulher cristã implora a Deus após o ataque à sua aldeia na Nigéria

“Minha cidade natal de Doh (Mado) é atacada por pastores Fulani. Deus, levante-se e lute por seus filhos. "

Patience Bilyock é um Cristão nigeriano. Quando sua aldeia no estado de Kaduna foi atacada, ela enviou uma mensagem de texto Notícias da Estrela da Manhã, como um grito de angústia.

“Minha cidade natal de Doh (Mado) é atacada por pastores Fulani. Deus, levante-se e lute por seus filhos. "

Segundo fontes locais, os ataques realizados entre 4 e 28 de agosto contra os condados de Zangon Kataf, Kaura e Chikun custaram a vida de 17 cristãos na aldeia de Doh (Mado), 5 em Madamai, 8 em Buruku e Udawa., 3 em Machun e 3 em Goran Gida.

Samuel Aruwan, comissário do estado de Kaduna para a segurança interna e assuntos internos, disse que a polícia visitou duas aldeias.

“A polícia respondeu a um pedido de socorro da aldeia de Machun e se mobilizou para lá. Após a sua chegada, eles também foram alertados por tiros da vizinha Manuka. Enquanto os agressores fugiam da área, os policiais encontraram os corpos de três vítimas. "

Jacob Kwashi, bispo anglicano da diocese de Zonkwa, denuncia o governo que, segundo suas palavras, “apóia totalmente o derramamento de sangue na Nigéria”.

“O governo apóia totalmente o derramamento de sangue na Nigéria. Somos mortos simplesmente porque não somos muçulmanos. Esses malvados jihadistas Fulani têm o apoio do governo para matar pessoas, destruir suas casas e fazendas, mas quando tentarmos nos defender, o governo irá prender nosso povo. Que tipo de justiça é essa? "

MC

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.