Cristãos, judeus e muçulmanos se reuniram sob o mesmo teto em Berlim

Um local de culto que reunirá as três religiões monoteístas será criado em Berlim até 2025. Quinta-feira, 27 de maio, foi lançada a pedra fundamental desta casa de unidade, a "Casa do Um". 

A cidade de Berlim receberá em breve um edifício único no mundo que reunirá uma mesquita, uma igreja e uma sinagoga. Um projeto, em andamento há 10 anos, iniciado pela comunidade protestante de Saint-Pierre que depois se juntou à comunidade judaica e depois ao Fórum da Associação Muçulmana Diálogo.

Na quinta-feira, a pedra fundamental da "House of One" foi lançada durante um cerimônia reunindo os três homens por trás deste projeto, o pastor Gregor Hohberg, o rabino Andreas Nachama e o Imam Kadir Sanci. Foram eles que tiveram a ideia desse lugar comum de culto, cuja primeira pedra deveria ter sido lançada há um ano, cerimônia adiada por causa da pandemia.

Esta casa de unidade entre as três religiões monoteístas será construída na Ilha dos Museus, no coração de Berlim. Mais exatamente, será construído sobre as ruínas da igreja protestante de St Pierre, uma igreja medieval que foi danificada durante a Segunda Guerra Mundial e destruída durante a era da RDA.

Três religiões sob o mesmo teto

Concretamente, este local de culto comum, que deverá ser inaugurado dentro de 5 anos, reunirá três edifícios ligados por uma sala comum que servirá de " ponto de encontro ". Um lugar único onde fiéis e visitantes podem se reunir para “aprender mais sobre as religiões e entre si”, definido como um “símbolo de tolerância” pela mídia alemã, Berliner Zeitung.

“A história de Berlim está repleta de grandes sucessos, novos começos, finais repentinos e uma culpa incomensurável”, lembra o local da “Casa da Unidade”, com a construção deste atípico local de culto, é “um novo capítulo cheio de esperança” que se abre para a cidade.

47 milhões

A construção desta “casa da unidade” custará 47 milhões de euros. O governo federal está financiando a construção com 20 milhões de euros e outros 10 milhões são financiados pela cidade de Berlim. O resto vem de doações privadas de pessoas em 60 países ao redor do mundo. Atualmente, há um déficit de oito milhões de euros para cobrir todos os custos.

Camille Westphal Perrier

Crédito da imagem: Creative Commons / Flickr

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.