Cristãos humanitários presentes para lutar contra o Ebola na RDC: "Uma forma de expressar o amor de Cristo"

Há várias semanas, a República Democrática do Congo (RDC) enfrenta uma nova epidemia de febre hemorrágica Ebola. 54 casos foram confirmados e acredita-se que pelo menos 21 pessoas infectadas morreram.

CÉ, portanto, uma nova provação que os habitantes da RDC se preparam para enfrentar, com este novo pico epidêmico do vírus Ebola, o nono em quase 40 anos. Pessoas infectadas com este vírus potencialmente fatal sofrem de febre alta, vômitos e diarréia, e então hemorragias internas e externas que podem causar a morte do paciente. O vírus é transmitido por meio do contato físico com fluidos corporais infectados.

Porta-voz da OMS, Tarik Jasarevic, falou no domingo:

“Surtos anteriores demonstraram a importância de uma resposta rápida e bem financiada para salvar vidas, mas também para evitar um aumento exponencial no custo econômico de uma resposta. "

Para tentar conter a epidemia, a OMS enviou vacinas para o noroeste do país e, em particular, para as cidades de Bikoro e Mbandaka, onde foram notificadas as primeiras vítimas. Foram enviadas 7540 doses de tratamento experimental. Os 5 tipos de vacinas não sendo aprovado, a administração a pacientes voluntários constitui um ensaio clínico.

Luis encinas, médico coordenador de Médicos sem Fronteiras expressou:

“Não temos uma imagem real do que está acontecendo. Vemos apenas o topo do iceberg e o que é muito preocupante é que não vemos todas as cadeias de transmissão do vírus. Ainda não existe um acompanhamento a 100% dos contactos, o que significa que ainda estamos a descobrir novos casos que chegam sem fazer qualquer ligação com os casos confirmados. "

Nesse contexto, a ONG cristã Aviation Fellowship Mission atende às necessidades em parceria com organizações médicas. Graças aos seus aviões e ao conhecimento do terreno, eles conduzem equipes médicas a locais afetados pelo vírus.  Garth Pederson testemunha:

“É uma oportunidade para nós podermos atender alguns dos médicos que vão para lá. Oramos antes de cada voo, oramos pelas pessoas que dirigimos e apenas oramos para que a bênção de Deus esteja sobre elas e por sua proteção [...] Acho que mostrar nosso cuidado e compaixão pelas pessoas que vão é uma maneira de expressar verdadeiramente nosso amor por eles e o amor de Cristo. "

O editorial

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.