"Ataque terrorista" no Quênia: Pastor testemunha a morte de 6 cristãos

Seis cristãos morreram em um ataque de supostos militantes da Al Shabaab no Quênia.

Na manhã de segunda-feira, nas primeiras horas do dia, um ataque foi perpetrado por supostos militantes da Al Shabaab no vilarejo de Widhu, no Quênia.

O pastor Stephen Sila confirmou o ataque à organização Preocupação Cristã Internacional. Ele denuncia "um terrível atentado terrorista".

Foi após um telefonema de cristãos que ele chegou lá. Ele conta o indizível.

“Eu contei sete casas incendiadas, quatro corpos de pessoas queimadas além de todo o reconhecimento dentro das casas. Um corpo foi baleado bem na frente de uma casa queimada e outro corpo decapitado ao lado dela. Outros moradores fugiram para a escuridão e a polícia ainda está procurando por eles. "

Segundo ele, os moradores se perguntam "por que os agentes de segurança não estavam fazendo o suficiente para proteger os cristãos dos ataques dos militantes somalis".

De acordo com as agências de segurança assumidas por um mídia local, a "gangue" na iniciativa do ataque já havia sido vista na floresta de Boni antes.

O ataque foi confirmado pelo Comissário do Condado de Lamu, Irungu Macharia, que disse que os agressores seriam processados.

MC

Crédito da imagem: Shutterstock / Sebastian Castelier

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.