Afeganistão: Pelo menos 1.000 pessoas morrem em forte terremoto

Mais de 1.000 pessoas morreram em um forte terremoto que atingiu uma área remota de fronteira no sudeste do Afeganistão durante a noite de terça para quarta-feira. 

Pelo menos 1.000 pessoas perderam a vida durante a noite de terça para quarta-feira em um terremoto de magnitude 5,9 que atingiu o sudeste do Afeganistão, disseram autoridades, temendo que o número de mortos continue a aumentar.

“O número de mortos chegou a 1.000 mortos e esse número está aumentando. As pessoas estão cavando sepultura após sepultura”, disse o chefe do Departamento de Informação e Cultura da Província de Paktika, Mohammad Amin Huzaifa, em mensagem à imprensa.

Quatro distritos na província de Paktika – Gayan, Barmala, Naka e Ziruk – bem como o distrito de Spera na província de Khost foram afetados.

quarta-feira o un e seus parceiros humanitários começaram a enviar suas equipes para fornecer ajuda emergencial à população. A organização diz que os sobreviventes precisam de atendimento emergencial para traumas, abrigo de emergência, ajuda alimentar e não alimentar, bem como assistência com serviços de água, higiene e saneamento.

Notícias do Vaticano informa que durante a audiência geral desta quarta-feira, 22 de junho, o Papa Francisco dirigiu uma mensagem às vítimas. Ele assegurou-lhes suas orações.

“Expresso minha solidariedade aos feridos e afetados pelo terremoto e rezo em particular por aqueles que perderam suas vidas e suas famílias. Espero que, com a ajuda de todos, o sofrimento do querido povo afegão possa ser aliviado”, disse Francisco.

Camille Westphal Perrier (com AFP)

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.