Abuso Sexual da Igreja: Convenção Batista do Sul divulga lista de supostos abusadores

Autoridades da principal igreja protestante da América, a Convenção Batista do Sul, divulgaram um documento de 205 páginas na quinta-feira listando seus membros que foram acusados ​​de abuso sexual.

A publicação desta lista ocorre poucos dias depois daum relatório de investigação independente, que concluiu que a Igreja havia, por anos, praticado obstrução e ocultação lidar com vítimas de abuso sexual.

“A lista está sendo divulgada pela primeira vez e é um passo inicial, mas importante, para enfrentar o flagelo da violência sexual e implementar a reforma na Convenção”, disse a Convenção Batista do Sul (Convenção Batista do Sul) em um comunicado.

O documento, que existe desde 2007, era alimentado regularmente por um funcionário da Igreja, mas há muito tempo permanece em segredo. Apesar da existência dessa lista, as autoridades parecem não ter feito nada para garantir que os nomeados não ocupem mais cargos importantes, segundo o relatório.

A lista inclui centenas de agressões sexuais, muitas vezes levando a condenações. Em alguns casos, os nomes dos suspeitos ou outros detalhes são obscurecidos.

Os nomes das vítimas não são listados, mas suas idades geralmente são dadas. Algumas das agressões sexuais relatadas dizem respeito a crianças de cinco anos.

De acordo com o relatório publicado no domingo, as supostas vítimas de agressões sexuais, bem como aqueles que tentaram denunciar esses fatos dentro da Igreja, encontraram por quase duas décadas “resistência, obstrução e até hostilidade direta de membros do comitê executivo.

Na quinta-feira, a Convenção Batista do Sul disse que espera que “as igrejas usem proativamente esta lista para proteger e cuidar dos mais vulneráveis ​​entre nós”.

Esse escândalo, envolvendo quase 400 pastores, voluntários e educadores ao longo de duas décadas e mais de 700 vítimas, foi revelado em 2019 graças às investigações de dois jornais diários do Texas, o Houston Chronicle e o San Antonio Express-News.

A Convenção Batista do Sul, com uma rede de milhares de igrejas, tem mais de quinze milhões de membros, principalmente no sul dos Estados Unidos.

A equipe editorial (com AFP)

Crédito de imagem: Shutterstock.com/Eric Glenn

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.