9 maneiras de antecipar mudanças

Evelyne Chappuis, treinadora profissional, mudou-se doze vezes, para três países diferentes, e mudou de emprego seis vezes. Dá-nos algumas ideias para nos prepararmos para a mudança e enfrentar os desafios. Arquivo: Viva a mudança!

1. A Bíblia é nosso primeiro aliado em face da mudança. Lucas 14: 28-32 nos chama a pensar sobre as implicações da mudança; Prov. 12, 15 para ouvir os conselhos das pessoas ao nosso redor; Salmos 25 para orar pela direção a seguir e Jo. 17, 9 para confiar no Autor da mudança.

2. Nosso relacionamento pessoal com Deus e a certeza de que Ele é nosso Pastor em todas as circunstâncias nos permitem sair da nossa zona de conforto, não temer o novo e crescer através dele.

3. "Acho que posso dizer, pela graça, que os lugares só são diferentes para mim na ausência ou na presença de Deus", disse o famoso missionário Hudson Taylor. Em todos os momentos, encontrar sua alegria no serviço a Deus permite que você se sinta em seu lugar.

4. Diante de uma consequente mudança, três questões podem ajudar a apreender a realidade e estar mais bem preparados para enfrentá-la: qual a natureza da mudança? O que está acontecendo ou aconteceu? O que me toca e como me sinto? O que ganho e o que perco?

5. Qualquer mudança leva a uma perda de equilíbrio ou a hábitos reconfortantes. A lembrança de uma situação em que o equilíbrio foi benéfico nos permite discernir os elementos que favoreceram esse equilíbrio. Portanto, é importante encontrar alguns desses elementos para vivenciar melhor a mudança.

6. Quando a mudança enfraquece, podemos confiar no que é estável e duradouro: nossos dons, nossos valores, nossos relacionamentos, nossas convicções. Faça a si mesmo a pergunta "Qual é o traço comum da minha existência?" " pode ser útil.

7. Nossa resistência à mudança faz parte do processo. Ao detectá-los, será possível torná-los aliados, pois escondem recursos latentes para emergirem.

8. A mudança pode ser experimentada como uma injustiça. Para não nos acomodarmos na posição de vítima, trata-se de buscar a margem de manobra ou “poder” que temos em nossa nova situação.

9. Quando tudo parece desabar, essa máxima pode nos abrir para outra visão das coisas: "O que a lagarta chama de fim do mundo, outros chamam de borboleta."

E a mudança na maternidade?

Podemos nos preparar para ser mãe? A maternidade é antes de mais nada uma experiência a ser vivida, onde você aprende e cresce ao mesmo tempo que seu filho. Algumas dicas da educadora infantil Sandra.

Para preparar mentalmente ...

Tornar-se pai é uma espécie de “revolução copernicana”: por causa da total dependência do bebê, a mãe e o pai são levados a deixar suas necessidades para trás das do filho. E ao contrário do clichê, nem sempre flutuamos na felicidade nas primeiras semanas, por causa das mudanças hormonais, das noites interrompidas, do sentimento de responsabilidade ... O conhecimento nos permite relativizar e levar um dia após o outro. Outro ponto importante, mesmo que a amamentação seja natural, é uma harmonia a ser encontrada com o bebê. Às vezes, recomenda-se preparar os seios esfregando-os com uma esponja. É antes de tudo uma questão de se munir de paciência.

Para se preparar espiritualmente ...

Acima de tudo, é colocar a sua confiança em Deus em todas as fases da gravidez e do parto. Você também pode abençoar seu filho, conversar com ele e cantar músicas para ele. E também pedir a Deus a capacidade de aceitar e amar a criança como ela é, pois o bebê “real” não corresponde necessariamente em todos os pontos ao bebê “imaginário”.

Para preparar praticamente ...

Preparar refeições balanceadas e congelá-las com antecedência será uma iniciativa bem-vinda quando você se sentir sobrecarregado. Não hesite em contactar uma parteira e conhecê-la antes do parto. Suas visitas e conselhos antes e depois do parto serão de grande conforto. Estabelecer uma lista de parentes disponíveis para substituir o bebê em caso de fadiga severa ou para um encontro noturno pode realmente trazer alívio.

Roleta Sandrine

Encontre mais artigos sobre o tema das mulheres em Espiritualidade,  a revista que reúne mulheres cristãs da Francofonia.

Conheça os demais artigos da seção “Viva a mudança! ":

Mudança, única constante na vida humana!

Quando a mudança não acontece

Danielle, enfermeira e mãe de quatro meninos fica no curso

Testemunhos: Suzanne e Anya, flexíveis em face da mudança

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.