7 maneiras de curar seu coração ferido

Você pode estar se perguntando se a cura é realmente possível. Quer se trate de cura física, emocional ou espiritual, estamos todos desesperados por alívio. 

1. Pergunte a Deus por que

"Meu Deus, meu Deus, por que você me abandonou? (Mateus 27:46; Marcos 15:34).

Jesus conhecia o coração e a mente de Deus. Ele não precisava perguntar por quê. Mas Jesus também era um homem. Ele sentiu dor assim como nós. É comovente saber que quando ele sofreu mais, ele teve que perguntar "por quê?" "

Ao perguntar por quê, Jesus nos deu permissão para levar nossas perguntas difíceis a Deus. Porque ele perguntou por quê, não precisamos ter vergonha de nossas próprias dúvidas e medos. Deus não está zangado porque precisamos de mais respostas. Na verdade, nossas perguntas difíceis podem ser o que nos aproxima dele.

Se você estivesse diante de Deus agora, o que pediria a Ele?
Satanás controla o que mantemos escondido nas trevas, mas quando trazemos nossas feridas à luz, Satanás não tem mais poder sobre elas. Jesus é a luz! Quando reconhecemos nossa dor, Ele começa a nos curar. Então pergunte a ele!

2. Escolha o perdão

“Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que estão a fazer. (Lucas 23:34)

Enquanto eles ainda estavam cravando os pregos em Suas mãos, Jesus disse em voz alta: “Pai, perdoa-lhes. Ele se recusou a deixar qualquer amargura tomar conta. Suspeito que Ele estava nos ensinando que quanto mais cedo perdoarmos, melhor.

Talvez alguém que deveria protegê-lo o machucou, abusou de você, destruiu sua segurança. Você pode pensar que é impossível perdoar. Você está certo ! Não acho que podemos perdoar por conta própria. Devemos pedir a Deus nosso Pai que nos ajude.

3. Compartilhe o evangelho

“Em verdade te digo, hoje você estará comigo no céu. (Lucas 23:43)
Um dos criminosos pendurados ao lado de Jesus na cruz entendeu que seu pecado era o culpado por seus problemas e que Jesus era sua única esperança. Ele disse: “Jesus, lembre-se de mim quando entrar no seu reino. E Jesus responde: "Vou fazer mais do que lembrar de você, estarei com você."
Enquanto estava morrendo, Jesus pretendia salvar outros. Ele moldou para nós como é cuidar dos outros em meio ao nosso próprio sofrimento.
Sua dor lhe dá o direito de ser ouvido. Quando você compartilha o evangelho, sua dor tem um propósito. E se a sua dor terrena temporária pudesse mudar para sempre a realidade celestial de outra pessoa?
Com quem você poderia compartilhar o amor de Jesus hoje?

4. Proteja sua mente

“Pai, entrego o meu espírito às tuas mãos. (Lucas 23:46)
Não foi apenas uma frase que Jesus disse porque estava morrendo. Ele cita uma frase que os judeus costumavam dizer diariamente antes de ir para a cama na noite do Salmo 31, ensinando-nos a usá-la todos os dias também.
Não consigo descrever o alívio que me oprime quando sei que meu Pai segura meu frágil espírito com firmeza em Suas mãos fortes e amorosas. Posso começar a respirar novamente. Posso começar a pensar de novo. Posso colocar um pé na frente do outro e seguir em frente.

Da próxima vez, Satanás o lembrará das feridas do seu passado. Tente dizer: “Pai, envolva minha ferida; Eu coloco aos seus pés. Você está seguro nas mãos de seu pai.

5. Encontre alguém para servir

“Mulher, aqui está o teu filho”, e ao discípulo: “Aqui está a tua mãe” (Jo 19, 26-27)

Em meio à dor, Jesus percebeu que sua mãe estava perto da cruz. Ele escolheu cuidar dela em vez de se concentrar em si mesmo. Você não acha que Jesus nos deixou um remédio poderoso para a nossa dor? Quando estiver com dor, pense nas necessidades dos outros. Quem você pode ajudar? A quem você pode servir?
Jesus modelou o que descobri ser verdade em minha própria experiência: às vezes, a única maneira de sobreviver ou de dar sentido à sua própria dor é ajudar outra pessoa.

6. Planeje um tempo para você

“Estou com sede” (João 19:28).

O grande EU SOU clamou: “Estou com sede. E quando o fez, Ele deu a você e a mim permissão para pedir ajuda e admitir sua fraqueza física.
Deus criou nossos corpos frágeis o suficiente para precisar de sua ajuda. Sentimentos como sede, fome e cansaço expõem os limites de nossa humanidade e nos lembram a cada dia que precisamos mais de Deus.
Com essa fragilidade vem nossa necessidade de descanso, o que significa um espaço e hora designados para fazer uma pausa. Muitas vezes, estamos tão ocupados cuidando de nossas famílias que nos esquecemos de cuidar de nós mesmos.
O que você está fazendo para cuidar do seu corpo e da sua saúde mental? O que você pode planejar diariamente ou semanalmente para começar a obter alívio físico?

7. Troque seus pedaços quebrados por cura

"Acabou" (João 19:30)

Quando Jesus disse "Acabou", não foi um grito de derrota. Foi um grito de vitória! Em grego, essas três palavras são na verdade uma palavra, tetelestai, que significa "pago integralmente".
Isso muda o jogo! Quando Jesus se sacrificou voluntariamente por nós, não foi apenas um castigo substituto - sua vida pelos nossos pecados. Foi uma troca completa - tudo Dele por todos nós. Ele fez mais do que pagar por nosso pecado e levá-lo embora. Jesus nos deu sua posição correta diante de Deus. Ele pegou tudo o que havia de errado conosco e trocou por tudo que estava certo nele.

Jesus trocou nossos pecados, tristezas e dores por Sua justiça, alegria e cura ilimitadas. Você não precisa mais carregar vergonha. Deus troca suas feridas e suas rupturas pela plenitude e a beleza de seu Filho.

Você consegue se ver da maneira como Deus o vê?

Minha experiência me convence de que Deus o usará mais amplamente por causa do que você passou. Freqüentemente, permite que nossas feridas mudem nosso destino e o destino de outras pessoas. Deus não apenas cura nossas feridas, mas também transforma nossas cicatrizes - lembretes do que passamos - em marcas de nossas experiências.
Agora imagine o próprio Jesus segurando seu rosto com as duas mãos e olhando diretamente em seus olhos. Ouça-o dizer a você: “Eu te amo. Eu te vejo. Eu ouço seus gritos. Eu lembro de você. Vou aguentar sua dor. Eu vou te curar ”. 

Deixe que essas palavras penetrem em sua alma!

Linda Barrick

Artigo traduzido do inglês do site Faixa de pedestre publicado originalmente em dezembro de 2020. 

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.