25 mortos em ataque a três aldeias na Nigéria

Diante da crescente insegurança na Nigéria, um grupo pediu a renúncia do presidente Buhari.

No estado predominantemente cristão de Benue, Nigéria, um ataque durante a noite de segunda a terça-feira pelo menos 25 mortos. As aldeias de Guma, Logo e Tarka foram alvejadas no que parece ser um ataque coordenado. Os corpos de quinze pessoas foram vistos em Tarka, nove em Guma e um em Logo, o de um líder tradicional. Esforços estão em andamento para procurar os desaparecidos.

Preocupação Cristã Internacional especifica que em Tarka, quatorze cristãos foram mortos por Fulani.

Em 2021, após um ataque ao governador do estado de Benue, Dr. Samuel Ortom, um grupo Fulani afirmou em um comunicado à imprensa: "Onde quer que você esteja, uma vez que esteja contra o interesse de longo prazo dos Fulani, vamos atirar em você".

“Nossos bravos combatentes realizaram este ataque histórico para enviar uma grande mensagem a Ortom e seus colaboradores. Onde quer que você esteja, quando for contra os interesses de longo prazo dos Fulani, nós o derrubaremos. »

Ontem à noite, foi o estado de Zamfara que foi vítima dos “bandidos”. Muitos alunos de Faculdade de Tecnologia em Saúde da cidade de Tsafe foram sequestrados.

Segundo Confiança diáriaDiante da crescente insegurança no país, o Northern Elders Forum (NEF) pediu a renúncia do presidente Muhammadu Buhari.

MC

Crédito da imagem: Shutterstock / Tayvay / Benue State Market

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.