Índia: mais de 50 cristãos fugiram para a selva e temem a próxima estação das chuvas

Nori Konjaka é uma das vítimas. Ela afirma que os agressores "podem destruir nossas casas, mas não nossa fé em Jesus".

sobre cinquenta cristãos de três aldeias no leste da Índia encontraram refúgio na selva após serem ameaçados por animistas tribais. Sem água, comida, eletricidade ou abrigo, eles agora temem a chegada da estação das chuvas.

Os comentários de Nori Kanjaka podem ter sido rastreados até Notícias da Estrela da Manhã.

“É a estação das chuvas agora, e tememos as doenças que vêm com as chuvas, os insetos venenosos e as condições nada higiênicas em que vivemos. "

Os cristãos da aldeia de Kotlanga, que foram ameaçados pela primeira vez em 7 de junho. Essas ameaças foram levadas a sério porque, dois meses antes, os cristãos de Sikapai foram atacados. Suas casas foram saqueadas, seus telhados destruídos. Quanto a eles, foram espancados e se refugiaram na selva.

Quando o ataque foi anunciado, moradores de outras aldeias assustaram famílias de cristãos.

Nori Konjaka é uma das vítimas. Ela afirma que os agressores "podem destruir nossas casas, mas não nossa fé em Jesus".

MC

Crédito de imagem: Talukdar David / Shutterstock.com

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.