Índia: 24 ONGs cristãs perderam a licença para trabalhar no país

No ano passado, 24 ONGs cristãs que operam na Índia perderam suas licenças por não cumprirem os requisitos da Lei de Regulamentação de Contribuições Estrangeiras (FCRA). Regulamentos que, ao que parece, sofrem alterações frequentes e repentinas, bem como prazos curtos de implementação. A igreja local deve, portanto, pegar a tocha, mas a falta de fundos torna a tarefa difícil.

Ls autoridades indianas parecem determinadas a restringir as atividades das organizações cristãs em seu país. Dentre os casos mais divulgados, sabemos o de Compaixão internacional. Esta ONG, que trabalha a favor de crianças vulneráveis ​​através de parceiros locais, perdeu o direito de exercer no início do ano.

Todd Nettleton de A Voz dos Mártires EUA explica que vários parceiros locais não estão mais autorizados a aceitar fundos do exterior. Sem esses fundos, as ONGs cristãs não podem mais realizar suas atividades.

Felizmente, “igrejas e grupos que estão no terreno há décadas estão prontos para pegar a tocha”, diz Todd. No entanto, é difícil carregar esse fardo sem ajuda financeira.

Desde que o primeiro-ministro Narendra Modi chegou ao poder em 2014, hostilidades contra cristãos praticamente dobraram. Nacionalistas hindus e o grupo extremista RSS vestir mais e mais acusações de blasfêmia contra os cristãos.

Os ministérios cristãos devem, portanto, cuidar da evangelização, sem comprometer a mensagem de esperança.

“Queremos poder ficar no país, por isso queremos ter cuidado com o que falamos e o que fazemos, mas também queremos ser representantes de Jesus Cristo e queremos encorajar as pessoas a estarem em comunhão com ele. "

Todd incentiva os cristãos a orar pelos “nacionalistas hindus (e) membros do RSS” para experimentar um encontro com Cristo.

“Quando os cristãos respondem à perseguição com amor e perdão, isso planta uma semente do evangelho no coração e na mente do perseguidor. "

MAG

Fonte: Notícias da Rede Missionária

© Info Chrétienne - Reprodução parcial autorizada seguida de um link "Leia mais" para esta página.

APOIE A INFORMAÇÃO CRISTÃ

Info Chrétienne por ser um serviço de imprensa online reconhecido pelo Ministério da Cultura, a sua doação é dedutível no imposto de renda em até 66%.